Você não imagina como o clitóris é de verdade

X de Sexo

Mostrei a fotografia de um clitóris tridimensional para 12 amigas. Apenas cinco sabiam do que se tratava. Uma, inclusive, descreveu a imagem como um “alien”.  O modelo 100% anatomicamente preciso e em tamanho real, criado em uma impressora 3D, foi apresentado pela primeira vez em 2016 e trouxe algumas constatações que muita gente não se deu conta ainda.

 

clitóris
Crédito da foto Pinterest

 

– O órgão genital feminino não parece uma semente ou uma ervilha. Assemelha-se a uma flor, mais especificamente uma tulipa, ou aquele ossinho duplo de frango.

– Não é pequeno, apesar de todos os dicionários ainda descrevê-lo com esse adjetivo. As duas hastes que o formam internamente têm cerca de 10 centímetros cada. A definição mais exata é a do Dicionário Houaiss, que complementa explicando que “é composto de uma glande, um corpo e dois pedúnculos”.

– Como um iceberg, a maior parte do clitóris é interna, circulando as paredes da vagina. Conclui-se, portanto, que sua participação no orgasmo “vaginal” é tão grande quando no orgasmo tido como “clitoriano”. Inclusive, essas nomenclaturas deixam de fazer sentido.

– Indo mais além, a maneira como o corpo da mulher é representado na cultura pop, na pornografia e nos livros educacionais também é equivocada. A noção de que o equivalente ao pênis é a vagina está errada. A verdade é que o clitóris é o pênis interno, e o pênis é o clitóris externo.

– Esse conhecimento ainda não se popularizou, mas é conhecido pela medicina há duas décadas, quando um grupo de urologistas norte-americanos publicou um estudo sobre as estruturas internas clitorianas. E foi apenas em 2009 que exames de ressonância magnética produziram imagens mais acuradas dessa parte da anatomia feminina.

prazer feminino
Crédito da foto: suckmypixxxel.tumblr.com
Aviso
Esté é um blog sobre sexo. Se você tem menos de 18 anos ou considera o conteúdo inapropriado para você, clique aqui.