Arquivo - Tag: tesão

O ponto da carne é fundamental

Certa vez, falei para um cara mais velho com quem eu transava que achava que havíamos passado do ponto do tesão, que nosso sexo estava esfriando. Ele respondeu, malcriado: “O que passa do ponto é bife.”     Talvez meu amante tivesse razão naquele momento, o problema ali não era esse, mas eu ainda acho(…)

Meu ranking do tesão

Idade, gênero, identidade sexual, experiências de vida. O que influência alguém no modo de se excitar é uma pergunta muito profunda. Por que tem gente que pira na ideia de ver x parceirx transando com outra pessoa e outros que gostam de ter a sensação de posse na cama? Por que tem aqueles que não(…)

Duelo de corpos e o tapinha que dói

“Me casei nos meus tenros 23 aninhos com meu primeiro amor e, pra minha tristeza sem fim, fiquei viúva quando estava pra completar apenas quatro anos de casamento. Você pode imaginar como fiquei arrasada, prostrada, em profunda depressão. Até que, aos poucos, fui me reerguendo. Comecei buscando um hobby que há muito tempo eu secretamente(…)

Os limites do sexo limpinho

“Na minha adolescência, comecei tomando Yasmin. O ginecologista avisava que era “o mais moderno anticoncepcional do momento”, e com “baixíssima quantidade de hormônios”. Eu e toda minha geração tomamos aquela porcaria durante anos, no auge da nossa puberdade, sensações aflorando por toda a parte e, pronto, alguém tinha de acabar com nosso barato. Tomar aquela(…)

Mega-Sena do sexo

Estávamos aproveitando a happy hour da sexta-feira com cerveja e chips de batata doce, enquanto falávamos sobre a Mega-Sena acumulada em mais de 100 milhões de reais, depois que ninguém acertou o sorteio dos 90 milhões. Ficamos ali fantasiando o que faríamos com aquele tanto de dinheiro. Viajar pelo mundo, comprar um imóvel pra cada(…)

Libera geral (ou não)

Quando o parceiro ou a parceira é mais liberal que a gente, a gangorra de emoções e excitações pode ser angustiante ou estimulante – mas nunca neutra. Recebi a história de um cara que não quis se identificar. Ele contou sobre o relacionamento sexual que teve com uma mulher baiana, casada, assim como ele. Ela,(…)

Três histórias de punhetas juvenis

Exibicionista “Namorava uma menina do meu trabalho e, sempre depois do expediente, a gente ia dar uns bejinhos num canto de uma estação de um metrô de São Paulo. Lá tem até hoje um jardim mais ou menos bem cuidado. A gente ficou nessa por um tempo, até perceber que uns caras ficavam batendo punheta pros casais que estavam namorando na(…)

Um batom roxo no início do outono

Cada vez me mais tenho recebido relatos sem rótulos. Não importa quem – na história, na vida – é hétero, homo, trans, o que quiser. Sejamos felizes como turma aí abaixo! “Era uma tarde de início de outono. Nos conhecemos em uma festa na casa de uma amiga em comum. Cada um trouxe o que queria beber(…)