Arquivo - Categoria: praia

Janelas, barracas e jaquetas indiscretas: histórias de exibicionismo

Crédito da foto: suckmypixxxel.tumblr.com   Provocar tesão, me sentir desejada é, talvez, a maneira mais eficaz de excitação para mim. A minha dança do acasalamento envolve, sim, passos de exibicionismo para despertar a cobiça do outro. Ando nua pela casa, de janelas abertas. Por princípio, porque não vejo problema em ser vista. O que poderia(…)

Eu, Cris e Karen

História de verão –picante, suada– do nosso leitor Vitor. Bom domingo, bom começo de ano!!   ***   Como tudo que é bom acaba, aquele verão estava no final. Depois de 30 dias viajando pelo Nordeste, o resultado só podia ser muito bom. Muita mulher na Bahia, um namorico de verão em Fortaleza e muita(…)

Rapidinha no primeiro encontro

Mais uma das histórias do nosso leitor Cigano, que combina bem com o post recente sobre as rapidinhas. Aproveite!     ***   A Carona     No verão, metade da população vai à praia e as estradas ficam bastante congestionadas. Muitos executivos aproveitam para tirar alguns dias de férias com a família e os(…)

Em público é mais gostoso?

Por Rebeca   Vou pegar carona no assunto sexo-no-banheiro, que eu e Diana tratamos aqui recentemente, para falar um pouco mais de sexo em público. Há mil histórias de gente conhecida que já transou no cinema, ou em ônibus-leito durante uma viagem, que a pergunta é: em público é mais gostoso? Não creio que para(…)

Traição à mostra

Bem picante e instigante a história da nossa leitora Ella, de nome fictício, que traiu o próprio marido com ele ouvindo a transa toda pelo telefone. Aproveitem!! *** Por Ella   Sou casada há algum tempo e sempre fui safada. Desde a época de solteira sempre gostei de trepar muito, tive vários namorados, mas sempre(…)

Nas curvas de uma estrada

por Lia     Estradas são cenários de liberdade. Impossível não entrar em uma e pensar em sexo. Sempre tive a sensação, ao passar por estradas pelo mundo, de carta branca para se fazer o que bem quer. Poder dar para quem eu bem entender e deixar a pessoa passar. Ir para onde se quer, sem(…)