Arquivo - Categoria: chupada

Minha melhor reunião de pais e mestres

Recebi o email do professor Sérgio, que compartilhou comigo – com a gente – sua aventura em um dia de reunião escolar. Entre as confidências? Que “reuniões com pais de alunos normalmente são um saco”. Ha! Adoro confissões que geralmente ficam dentro do armário. Mas o que ele relata a seguir, bem que eu queria que(…)

As virgens voyeurs

Ninguém podia imaginar que eram todas virgens: Alessandra, 26, Julia, 28, Carolina, 36. Por que, afinal, todo mundo acha que tem um radar de virgens? Por que, afinal, todo mundo acha que se deve dar antes dos 18 anos? Mas elas não haviam escolhido isso. Estavam loucas pra experimentar a coisa toda, não podiam mais(…)

A delação premiada salvou meu casamento

Sexo no casamento, afinal, rende muitas histórias. Depois de publicar a aventura de uma colaboradora, Sexo bom no casamento é possível!, recebi um relato de como o sexo fora do casamento se tornou um ingrediente precioso para que o casal se reencontrasse na cama, reacendendo paixões que pareciam frias. A seguir, a história do colaborador(…)

As aventuras de um jovem crente

O lugar era São Paulo e a cena era do underground do white metal, o metal limpinho dos cristãos. Eu era vocalista de uma banda com agenda de shows quase todos os fins de semana – grandes galpões abarrotados de cabeludos desgrenhados, quase todos de preto, pernas finas, a maioria com marcas de espinhas na(…)

Sexo bom no casamento é possível!

  Recebo muitas histórias de traição. Homens e mulheres casados que vivem relacionamentos desgastados, mornos e resolvem criar ou aproveitar oportunidades para sentir novamente o frio na barriga da sedução, a descoberta de um novo prazer. A história da Kariny me chamou a atenção porque faz exatamente o oposto, descreve um sexo quente dentro do(…)

10 minutos na casa do vizinho

Fazia tempo que conversávamos durante a tarde, a noite, a madrugada. Sempre que um dos dois ficava sozinho em casa, mandava mensagem para o outro. Nunca dava certo o encontro, mesmo que o muro dele fosse o mesmo que o meu. Eu estava numa reunião importante, porém chata, que duraria o dia inteiro. Era o(…)

A descoberta da pornografia aos 40 anos

    “Até os 40 anos, eu nunca tinha assistido a um filme pornô. É comum as coisas acontecerem tarde na minha vida. Nesse caso, também porque na era pré-internet, o acesso era difícil, algo totalmente fora do meu radar. Depois, simplesmente nunca tive curiosidade, interesse. Minha imaginação bastava. Nem mesmo contos eróticos eu procurava. Foi(…)