Arquivo - Categoria: Anal

Sexo anal e outras incoerências

Eu tenho uma amiga que é uma exploradora da gastronomia paulistana, adora provar pratos diferentes, conhecer restaurantes novos. Mas tem uma contradição: não come sushi. Passa longe de peixe cru e suas variáveis. Joguei na mesa de um almoço tardio de quarta-feira uma pergunta sobre incoerências em outra esfera, a sexual. “O que você gosta,(…)

Menu de fetiches: o número 1

A Melissa ficou entusiasmada ao ver sua história de masturbação mútua numa noite fria relatada no blog e quis contar outra experiência safada, que aconteceu pouco tempo depois do primeiro relato. Havia uns dois meses, ela trocava e-mails provocantes com um colega de trabalho. Aos 20 e poucos anos, finalmente tinha desviado o foco dos(…)

Cada um com seu babado (de lingerie)

Por Rebeca     Existem vários graus de preconceito e uma pessoa que se sinta muito liberal em relação a algumas “regras” pode, algumas vezes, torcer o nariz ou se chocar com outras, de acordo com seus valores, como foi criada, o meio em que vive. É como o cara que um dia se despiu de preconceito e resolveu deixar(…)

Quando dói e a gente gosta

Eis que abro a nossa caixa de e-mails e vejo, feliz, que uma das antigas donas deste blog, Lia, nos escreveu uma história. Bateu saudade e ela fez este relato. Lia, só uma coisa a dizer: ver a cara de tesão latejante do parceiro é realmente de lascar, uma excitação só! Obrigada pela história.  (…)

Janela indiscreta

Pela janela da cozinha, o nosso leitor M. acabou tendo uma experiência gostosa enquanto lavava a louça. Boa noite e divirtam-se!     ***     Era um noite daquelas bem normais. Como de costume, perto das 19h, ia para a cozinha lavar a louça e preparar algo bem leve para o nosso jantar. Minha(…)

Por trás pela primeira vez

A nossa leitora Dora nos contou a história de quando deu por trás pela primeira vez, aos 40 anos. Revolucionário, segundo descrição da própria. Divirtam-se!     ***     Tenho 40 anos, dois casamentos, nunca tive barreiras e medos em relação ao sexo. Sempre me toquei, sempre me masturbei, sempre me observei e sempre(…)