Carnaval promete tapa-sexo de 1,5 centímetro

Talvez você não pretenda sair na avenida. Ou talvez sim. Mas se a fantasia (ou a falta de fantasia) for acontecer entre quatro paredes, estamos no momento do ano mais propício para a se liberar. Encarne a musa (ou o muso) do Carnaval usando um minúsculo tapa-sexo, que tal? Ninguém fica indiferente ao pequeno pedaço de material que gera tantas disputas entre musas, polêmicas nos desfiles e fotos sensuais.

Algumas informações sobre a peça ousada do Carnaval:

 

tapa sexo
Crédito da foto Pinterest

 

– Tapa-sexo surgiu nos anos 1990, para driblar o regulamento da Liga Independente das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, que estabeleceu que a apresentação de pessoas com a genitália desnuada, mesmo decorada ou pintada, é proibida e a agremiação pode ser punida, perdendo pontos.  A regra veio depois que Enoli Lara, uma modelo que entrou pra história do Carnaval, saiu, na União da Ilha do Governador, totalmente nua, com o corpo apenas pintado e um véu na cabeça, em 1988.

– Existem dois tipos: o colado ou o encaixado.

– Existe um modelo de encaixe feito de vergalhão – aquele ferro usado em construções. O produtor Kiko Alves, que se autoproclama o inventor do artefato, garante que mesmo sendo um material duro, não machuca. E também é funcional: a sambista pode pular à vontade que não cai.

– Em algumas drogarias e na internet, encontra-se o modelo adesivo, cor da pele, tanto feminino quanto masculino. Feito de nylon e spandex e com o forro de algodão. Pode ser reutilizável ou descartável, dependendo da marca. Não é específico para o Carnaval, mas dá para decorar com adesivos, jogar glitter, passar tinta, e o que mais a criatividade permitir.

– Andrea Martins, musa da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, promete usar este ano o menor tapa-sexo que se tem notícia no Carnaval, de 1,5 centímetro.

– É preciso cuidado para tirar o adesivo, porque pode depilar ou machucar a sensível pele da região. Recomenda-se o uso de óleo mineral na remoção. Renata Frisson, a Mulher Melão, certa vez comentou que fica três horas na banheira de água quente para soltar. Mas nem pense em usar colas como SuperBonder para prendê-lo!

Aviso
Esté é um blog sobre sexo. Se você tem menos de 18 anos ou considera o conteúdo inapropriado para você, clique aqui.