Me engravida! Ou não…

Por carmen

A expressão se popularizou em memes, na zoeira geral da internet, no bordão de um apresentador de canal de esporte, mas “me engravida” sempre frequentou o linguajar sexual nas alcovas.

Se fora da cama, a ideia tem a ver com uma babação de ovo – que pode ser sexual ou não – na transa, ela é explícita: a ideia de engravidar ou ser engravidada excita muita gente.

 

heterossexual
Crédito da foto: popculture.com

 

Esses são depoimentos encontrados online:

“Por qualquer motivo que seja, a ideia do meu namorado gozar dentro e me engravidar me deixa MUITO excitada. A gente não quer ter filhos tão cedo, então eu uso anticoncepcional e ele sempre tira antes, mas nada me deixa mais excitada do que fazer sexo, sentir ele gozar bem fundo dentro de mim e correr o risco de me engravidar”

“Tenho essa fantasia pela qual sou aficionado, sonho em engravidar a mulher de outro homem (com consentimento do casal) com intuito de dar um filho a eles e criarem a criança sem eu assumir a paternidade. As vezes me sinto bizarro por desejar algo assim. Pois sempre curti a ideia de fazer isso, ser o amante, mas com consentimento do casal, ir lá e pegar a mulher do cara e tal. Só de pensar fico com um tesão doido. Será que existem pessoas que fazem isso e aceitam? Tô ficando doido?”

Por outro lado, a cabeça livre da preocupação da gravidez indesejada, pode fazer maravilhas pela libido. Recentemente, foi divulgada uma pesquisa homens que fizeram vasectomia sentem mais prazer sexual.

Segundo estudo da Universidade de Frankfurt, na Alemanha, há relatos de ereções e orgasmos melhores após a cirurgia. Os entrevistados declaravam estar três vezes mais propensos ao sexo do que antes. Os motivos não foram explicados, mas a liberdade de não depender da sorte ou de um método anticonceptivo deve ajudar psicologicamente, não?

Conte sua fantasia mais bizarra! Meu e-mail é carmenfaladesexo@gmail.com