Rapidinhas x longuinhas

Por carmen

Hoje foi dia de enquete entre as amigas. Qual é uma duração boa para o sexo? Transa boa é transa longa?

“Rapidinha só quando está rolando algo muito alucinado, com muita urgência.”

“Até rola rapidinha boa, mas não é o que eu curto nem é o padrão com o meu namorado.”

“Um tempo OK para mim é por volta de uma hora, contando preliminares.”

“Já transei por três horas, parando pouco. Três horas de sexo não pressupõe penetração o tempo inteiro. E não achei longa.”

“Vinte minutos quando tá tudo na boa, sem muita loucura. Trinta minutos para quando tá muito bom e sem tempo definido quando tá todo mundo muito louco de tesão.”

“Amo rapidinhas, porque eu costumo gozar rápido.”

“Não tem tempo certo para mim. Gosto de tudo”.

Claro que o tempo é subjetivo e sem regras no sexo. Mas é curioso assuntar as preferências de cada um. Achei engraçado, por exemplo, que a amiga mais acelerada na vida seja a que mais gosta de provas de resistência na cama.

 

rapidinha
Crédito da foto suckmypixxxel.tumblr.com

 

Tudo começou porque recebi o e-mail da Sueli, que contou que não precisa de muitas horas, minutos e segundos pra se satisfazer sexualmente. Ela é bem prática e se conhece bem, pelo visto.

“Estávamos vendo uma série no Netflix quando começamos a dar uns beijos que nos levou a uma transa. Tive um orgasmo delicioso, daqueles que você fica sentindo por cinco minutos. E a transa durou exatos 16 minutos. Como eu sei? Vi pelo tempo que precisamos voltar a série para retomar do ponto em que paramos de prestar atenção.

Não foi uma rapidinha: nos beijamos, nos acariciamos e tão logo eu estava pronta, ele me penetrou. Passamos por três posições diferentes.

E, sinceramente, não preciso de mais tempo que isso. Ficar muito tempo em preliminares me cansa. Ou então me faz gozar antes mesmo da penetração e a festa ficar chata pra mim, odeio ser penetrada após gozar.
Muito tempo sendo penetrada dá no mesmo: não consigo mais gozar ou se gozo, não é tão intenso.
Tenho amigas que contam ter ficado uma hora numa transa e tenho desespero só de pensar em como seria. Enfim, o tempo ideal é o tempo que é bom pros dois, mas para mim, funciona melhor quando o cara não faz questão de ficar horas naquilo.”

E você? É do time das rapidinhas? Ou gosta mais de maratona sexual? Conte para carmenfaladesexo@gmail.com