Quando a nudez não é proibida nas redes sociais

Por xdesexo

Por Rebeca

 

 

 

O Facebook tem padrões tão rígidos para nudez em suas postagens que seria um milagre alguém aqui dizer que viu um peitinho solto por lá por muito tempo. Até notícias desta Folha já foram suspensas da rede social por conter algo com o qual eles não concordavam: no ano passado, uma postagem da coluna “Saiu no NP”, sobre o extinto “Notícias Populares”, mostrava a capa do jornal do dia, em 1993, e nela tinha uma mulher com os seios de fora. O Facebook foi lá e adeus postagem.

 

 

Não apenas fotos estão restritas mas também pinturas de artistas consagrados, já que os robôs do Facebook são tão assexuados que incapazes de distinguir um peito de paniquete que acabou de sair na Playboy de um peito numa pintura de Lagrenée, do final do século 18, como esta abaixo. O assunto também foi tratado na Folha, numa coluna recente de Helio Schwartsman.

 

 

Louis_Jean_Francois_Lagren_e___Amor_and_Psyche_1_

 

 

Mas eis que as pessoas descobriram o Instagram e suas regras, digamos, mais flexíveis para nudez e sensualidades gerais. Inúmeras contas vasculhadas por nós mostram mulheres e mais mulheres com bunda e/ou peito de fora –e não estou falando de contas de marcas de lingerie. Ainda não vi vagina solta por aí, mas acho que alguém logo mais vai se arriscar… rs. O fato é que muitas dessas contas do Instagram são criadas para serem coletâneas de fotos catadas em outros perfis, muitas vezes de fotógrafo profissional. E uma chama a outra, que chama a outra, que chama a outra. É um pouco mais raro chegar até o fotógrafo autor da imagem –talvez porque quem está copiando as imagens (sem os devidos direitos autorais) não quer ser rastreado, então não marca o autor na postagem.

 

 

Muitas contas são de fora do Brasil, mas achamos uma de uma fotógrafa de São Paulo, que tem feito um trabalho lindo no Tumblr, Érika Garrido: http://garrida.tumblr.com. No Instagram ela posta menos fotos que no Tumblr, mas dê uma espiada na qualidade e na delicadeza do trabalho dela:

 

 

IMG_0474

 

 

Outro fotógrafo que faz um trabalho lindo é o francês Renaud Lucas, que trabalha em Miami. Mulheres esculturais, poses sensuais e, sim, muita nudez.

 

 

IMG_0093 (1)

 

 

IMG_0095 (1)

 

 

Daí vamos para uma série de contas que, em looping, publicam foto de outra, que publicam foto de outra, que publicam foto de outra. A @scent_of_a_women é a maior coletânea que vi até agora (e dá o crédito para o lugar de onde tirou a imagem). Por exemplo, a postagem abaixo veio da conta de Renaud Lucas, o francês da foto acima.

 

 

IMG_0092 (1)

 

 

 

Daí, a conta @scent_of_a_women dá a dica para outras várias contas, como uma foto da @poeticurves:

 

 

IMG_0072 (1)

 

 

A @poeticurves tem um perfil interessante também, mas naquele esquema de não dar o crédito da imagem (dá para ver que, no pé da foto, tem um nome, mas ilegível):

 

 

IMG_0074 (1)

 

 

Voltando para a conta @scent_of_a_women, ela nos levou às contas @zeetrouttster, @mariepinkdoorboudoir e @angy6869:

 

IMG_0070 (1)

 

 

[E olhe um petisco da conta @zeetrouttster aqui:]

 

 

IMG_0069 (1)

 

 

Voltando: de @scent_of_a_women para @mariepinkdoorboudoir:

 

IMG_0081 (1)

 

 

E para @angy6869, onde encontramos fotos como essa:

 

 

IMG_0085 (1)

 

 

Por fim, mas não menos legais, rss, tem mais dois perfis bem interessantes: o @noir_impressions [majoritariamente ocupado por orientais] e o @photosensualis.

 

IMG_0014 18.34.18

 

 

IMG_0087 (1)

 

 

IMG_0063 (1)

 

 

 

IMG_0064 (1)

 

 

Para nos despedirmos, fiquem com @pulpbypaigeturner:

 

 

IMG_0079 (1)

 

 

 

E você? Achou algum perfil interessante por aí? Mande para a gente.