X de Sexo

A cama é de todos

 -

Blog fala de sexo a partir de histórias do dia a dia, narra experiências reais e conta com a colaboração de leitores. É produzido de forma anônima.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Rapidinha: Uma fuga de 20 minutos

Por X de Sexo

Um post que adoramos da leitora Mariana. Ele inaugura a seção Rapidinhas! Confessamos a ela o quanto morremos de inveja e já combinamos colaborações futuras. Preparem-se.

 

Para enviar os seus, basta mandar para blogxdesexo@gmail.com. Seu anonimato, assim como o nosso, será preservado caso prefira.

 

***

 

Por Mariana 

 

Crédito: theguccislut.tumblr.com
Crédito: theguccislut.tumblr.com

 

Eu tinha 20 minutos para uma fuga decidida pela minha vontade incontrolável de sexo. Cronometrados. Nesse curtíssimo espaço -micro, para o tamanho do meu tesão e da minha vontade em tê-lo dentro de mim naquele dia a qualquer custo- eu deveria ir e voltar ao local combinado. Ou seja, teria uns 15 minutos com ele.

 

 

Quando dobrei a esquina e entrei no carro, ele já me esperava com uma cerveja aberta. Nem a bebemos toda.

 

 

Ele parou o carro num lugar mais escuro e enfiou a mão por entre minhas pernas. Ao me perceber sem calcinha, mordeu o próprio braço. Enfiou os dedos dentro de mim, sem acreditar que eu passara o dia todo daquele jeito.

 

 

Percebeu meu inchaço e foi me sentindo mais molhada. Me olhando fixamente, os chupou, o que me fez decidir não esperar mais.

 

 

Já sentia o pau duro dele na minha mão. Implorei que abrisse a calça e, de lado, 90 graus, me sentei e o coloquei de uma vez dentro de mim, sem calma. O apertei, rebolei. Ele me segurou pelo quadril para tentar me controlar e me implorou para parar, porque gozaria.

 

 

Eu parei, porque meu desejo era que gozasse na minha boca. Com meu gosto misturado ao dele, foram segundos para ouvi-lo gozar e segurar meus cabelos com mais força.

 

 

Tempo esgotado.

 

 

Desci do carro inchada, sem calcinha, passando a língua nos cantinhos da boca, como quem aproveita uma última gota de chocolate que sobrou e faz lembrar como a vida é boa.

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade